Fábio Porchat: “Vou ter a liberdade que a TV aberta possibilita!”

Grande aposta da Record, o humorista estreia talk show e promete inovar nos finais de noite

Raquel Borges

Fábio Porchat entrevista o cantor Wesley Safadão | <i>Crédito: Edu Moraes/Rede Record
Fábio Porchat entrevista o cantor Wesley Safadão | Crédito: Edu Moraes/Rede Record

Em fevereiro desse ano TITITI conversou com  Fábio Porchat durante sua apresentação na Record como sua grande novidade para a programação em 2016. Cheio de gás e divertido, como sempre, ao falar de seu programa, um talk show, que estreia hoje com a presença de Sasha Meneghel e Wesley Safadão. Dá só uma conferida no que ele disse na época em que foi contatado.

 

TITITI – Conta pra gente como será sua atração?

Fábio Porchat – Ainda não sei nada... Só que será de segunda à quinta, antes do Fala Que Eu Te Escuto (risos).

 

Ele terá interatividade?

A internet é o presente. E acho que ela estará conectada ao meu programa. Só não sei como ainda.

 

Você poderá continuar tocando seus outros projetos?

Sem problema nenhum! Vou gravar a terceira temporada do Tudo pela Audiência, do Multishow; a segunda do Porta A fora, um programa de viagem na internet, pelo Porta dos Fundos... Lanço em junho o primeiro filme do Porta, que escrevi também. Não consigo fazer uma coisa só!

 

Terá convidados no talk?

Para participar?! Sim! Tem que ver se vão querer (risos). 





O que seduziu você para assinar com a Record?

Acho que ter o meu programa na TV aberta, um passo grande, diferente. É algo que já queria. A Record foi muito carinhosa, me tratou bem e falou: “Vamos nessa, vem que a gente vai te dar o seu espaço!”


Você disse que foi uma novela bíblica assinar esse contrato. Quanto tempo demorou?

Foi bastante tempo, começou em setembro passado. Nesse tempo, falaram muitas coisas por aí... Li alguém dizendo: “Vai se chamar Fábio Porshow”. Pelo amor de Deus, gente, não dá essa ideia! É horrível! Também falaram que eu ia fazer um programa toda segunda, dividindo com a Xuxa... Mas agora é que vai valer de verdade!


Rolou namoro com outras emissoras?

Também. Mas acho que essa foi a melhor proposta. Não só financeira, mas em todos os sentidos. Do espaço que me deram, do trato que tiveram comigo... Todos foram bacanas. 

 

Acha que pode sofrer algum tipo de censura na casa?

Vou ter a liberdade que a TV aberta possibilita! A interferência da emissora é zero! 

 

Alguém deu conselhos?

Conversei com Xuxa, Marcos Mion e César Filho e todos falaram muito bem da emissora. Contaram que eu teria liberdade, possibilidades e que a Record topa muita coisa.

 

Audiência preocupa?

Como toda TV aberta, tem de dar audiência. É a vida! Só não quero inventar moda e fazer um talk show pelado ou voando. 


Seus amigos do Porta sabiam dessa contratação?

Eu os informei de última hora, mas todos me deram força. Porque esta é uma nova geração... E no fundo é até simbólico este ser o último ano do (Soares, na Globo). O Danilo (Gentili) está lá no SBT superfirme, estou vindo pra Record, o (Marcelo) Adnet terá programa na Globo. Isso é legal, parece uma geração tomando as rédeas, como se estivesse assumindo o bastão... Lógico, pode dar supererrado e explodirmos todos. Mas também pode dar supercerto. O bom é que esta geração está trabalhando e fazendo as coisas do jeito que quer.

24/08/2016 - 18:37

Conecte-se

Revista Tititi