Estrelinha: Isabella Koppel canta, dubla e faz sucesso na novela das 11!

Do teatro à TV: a estrelinha que tem brilhado em 'Os Dias Eram Assim'

'Atuar pra mim não é trabalho, e sim algo que amo', diz a pequena | <i>Crédito: Cadu Pilotto
'Atuar pra mim não é trabalho, e sim algo que amo', diz a pequena | Crédito: Cadu Pilotto
Quando se fala de artistas mirins, Isabella Koppel é logo lembrada. Ela, que iniciou a carreira aos 8 anos na peça Uma Aventura na Neve (2014), hoje, aos 11, vem encantando na supersérie Os Dias Eram Assim, na qual faz Gabriela, filha de Alice (Sophie Charlotte). A estreia na telinha, porém, aconteceu como Miriã de Os Dez Mandamentos (2015), da Record TV. 

Mas os talentos de Isabella vão além. Ela também canta e é dubladora! É dona das vozes de Diana, na primeira fase do filme Mulher Maravilha, que está em cartaz, e de Laura Kinney, de Logan, também deste ano. 

TITITI – Como seus amigos da escola reagem a essa fama? 
Isabella Koppel – Ah, eles curtem bastante meu trabalho, comentam, acham legal, mas me tratam normal. Não mudei nada na rotina, apenas tenho uma atividade diferente. Não gravo todos os dias e, quando acontece, é sempre depois da escola. Dá pra fazer tudo e sobra tempo livre. Atuar pra mim não é trabalho, e sim algo que amo. 

TITITI – Quais são suas inspirações? 
Isabella Koppel – Amo a Ariana Grande, uma das minhas cantoras preferidas e é ótima atriz. E Sophie Charlotte e Daniel Oliveira (pai dela em Os Dias) me inspiram muito. Susana Vieira e a Natália do Vale (também da supersérie) me ensinam até quando respiram. Também gosto da Marina Ruy Barbosa e da Leona Cavalli... E um dia sonho atuar com Bruna Marquezine e Isabelle Drummond!


TITITI – Pensa seguir outro caminho? 
Isabella Koppel – Não!!! Todo mundo fala que só tenho 11 anos e posso mudar de profissão, mas amo muito atuar e cantar. Quero fazer isso pelo resto da vida. 

TITITI – Falando em Sophie... Vocês são muito próximas? 
Isabella Koppel – Ah, ela é muito legal, toda meiga e doce comigo. O Daniel também é ótima pessoa. E o Xande Valois (que faz Lucas, “maninho” dela na produção) é um irmão que ganhei! 

TITITI – Sua relação com seus pais... 
Isabella Koppel – Minha mãe, Danielle Koppel, meu pai, Marcelo Raffaelli, e minha irmã, Julianna Koppel, me dão muito suporte. Sem o apoio deles, nada seria possível. 

TITITI – Qual foi o trabalho mais difícil e o que mais gostou até aqui?
Isabella Koppel –  A Laura de Questão de Família (2014, GNT) e a Lurdes de Conselho Tutelar (2014, Record TV) sofreram por torturas praticadas pelos pais. Foi difícil até imaginar alguém passando por algo assim. Já os trabalhos de que mais gostei foram Miriã, de Os Dez Mandamentos, e a Dayse de Totalmente Demais (2015). Agora estou amando a Gabriela de Os Dias Eram Assim. Amo todas que fiz, me apego, e sempre choro no fim de cada trabalho.

26/07/2017 - 07:22

Receba as novidades da Tititi em seu e-mail! Cadastre-se abaixo:

*preenchimento obrigatório

Conecte-se

Revista Tititi